quinta-feira, 24 de março de 2011

Dia 9 - Peso x Pecado

Neste nono dia de nossa consagração quero compartilhar um pouco mais sobre o texto de ontem, “Desembaraçando-nos”.
“Desembaraçando-nos de todo peso, e do pecado, que tenazmente nos assedia…” Hb 12:1
Peso é diferente de pecado. Isso aprendi com meu pai. Ele sempre diz isso, repetindo que peso são aquelas coisas lícitas, mas que não convém.
Peso não são necessariamente coisas erradas, mas são coisas que nos embaraçam.
É aquele namoro em que as pessoas podem até ser crentes, mas o propósito de Deus para suas vidas é bastante diferente para um e outro. Este relacionamento embaraça a vida de ambos. Cria nós, emaranhados, difíceis de soltar a fim de serem livres. Não que o relacionamento esteja errado, na prática de pecados como defraudação ou prostituição. Mas, por não estarem totalmente alinhados com os planos de Deus para suas vidas, o namoro se torna um peso, um embaraço, um impedimento ao cumprimento do melhor de Deus para as pessoas envolvidas.
É aquela sociedade feita com uma pessoa que tem princípios, pensamentos e interesses diferentes do seu. Vai caminhando bem até um certo ponto, e logo se torna um peso. Ao invés de trazer alegria, a empresa é motivo de estresse, desânimo, contenda, e amizades vão por água abaixo por causa do convívio ríspido em uma parceria que, na verdade, nunca deveria ter começado.
Um curso na faculdade sem propósito para o futuro. Um comprometimento com um ministério em que você não se encaixa. A tentativa de ser ou fazer aquilo para o que Deus não te capacitou. Cobranças, pressões, existem em todas as situações, mas quando estamos no lugar errado e na hora errada, somos a pessoa errada, e tudo vira peso, embaraço.
Se continuarmos lendo, o autor aos Hebreus continua:
“Desembaraçando-nos de todo peso, e do pecado, que tenazmente nos assedia, corramos com perseverança a carreira que nos está proposta”
Como correr se estamos embaraçados? Fugimos do pecado, mas muitas vezes nos perdemos nos embaraços da vida. Aliás, não tropeçamos em montanhas, mas em pedrinhas, não é mesmo?
Se você, assim como eu, quer ser livre para correr velozmente (correr com os cavalos, como disse Deus a Jeremias!), e cumprir a carreira proposta pelo Senhor para nossas vidas, então precisamos nos desembaraçar de todo peso!
Precisamos aprender a dizer “não”. Nem toda boa oportunidade é para ser aceita.
Precisamos aprender a dizer “espere”. Nada melhor do que o tempo certo para tudo (já dizia o sábio Salomão em Eclesiastes).
Precisamos aprender a dizer “sim”, e correr, e correr, livres, sem embaraços, na estrada determinada pelo Pai para nós, nesta breve e passageira vida.
Não há tempo a perder. Sejamos livres já! Oro para que nestes dias de consagração o Espírito Santo nos mostre onde estamos pesados, embaraçados. Que tenhamos ousadia para romper com aquilo que nos suga as forças, rouba as energias, traz desânimo, e que pode muito bem ser tirado da bagagem. Que saiamos destes 40 dias mais livres, mais leves, mais soltos, desembaraçados!

3 comentários:

Bruna - Até que ela é Bonitinha!! disse...

Amiga, mta saudades!!! Te amo mt!!

Beijos!!!

Daiane disse...

Amiga isso é verdade mesmo e muitas vezes por causa do peso em nossas costas nós acabamos pecando também.Deus nos deu o livre arbítrio para escolher o que é melhor para nós mas conseqüências sempre vem,sejam elas boas ou ruins,o peso de uma escolha que talvez não fosse a melhor opção é algo que acaba nos afastando de Deus,pois muitas vezes começamos a acusa-lo de nos abandonar e de permitir que estivéssemos vivenciando aquilo,e ai entra o pecado de murmuração,muitas vezes mentira e outras coisas.Deus nos chama para perto e não quer nos ver embaraçados ou confusos,mas devemos fazer a nossa parte para que isso não aconteça.Amiga tenha um otimo dia na presença do Senhor Jesus e fique na paz de Deus.E obrigado pelo comentário la no Blog fiquei feliz viu.Te amo em Cristo Jesus.

Lucinalva disse...

Oi Tarcinha
Tem selo para vc ok?? Lindas postagens, parabéns.