domingo, 9 de janeiro de 2011

Ester - Uma rainha corajosa

Como pode uma mulher hoje, entender o medo e a insegurança que deviam perturba a rainha Ester, escolhida exclusivamente por sua beleza e pela atração que exerceu sobre o rei? Ela não era uma princesa com a influência do reino do pai para fortalecer sua posição na corte. Quando não foi chamada durante trinta dias, não sabia se o rei havia encontrado alguém que fosse mais do seu agrado ou se estava simplesmente perdendo sua influência sobre ele.
Judia órfã e sem lar, Ester havia sido criada por Mordecai, um parente mais velho. Quer tenha sido a pedido dele, quer forçada por oficiais perversos, que por sua própria escolha, entrou para o concurso de beleza e venceu. Então, as fontes de Mordecai informaram a Ester que o povo judeu tinha uma data marcada para ser extinto pelo malévolo Hamã, que, por seu marketing pessoal, foi elevado a vice-regente, o segundo no poder depois do rei Assuero.
Deparando-se com um desafio desesperador para sobreviver, Ester refletiu sobre a pergunta de Mordecai: "Quem sabe se para conjuntura como esta é que foste elevada a rainha?" (Et 4:14) Há três princípios incorporados em seu conselho:
  • Nenhuma posição privilegiada jamais pode isentar uma pessoa da responsabilidade de responder ao chamado de Deus. 
  • Apesar da situação parecer perdida, Deus nunca se encontra de mãos atadas. 
  • Uma oportunidade dada por Deus é um privilégio concedido a um indivíduo.
Corajosamente, Ester formulou seu plano, mesmo que significasse morrer tentando. Na corte, ela havia sido ensinada a preparar-se fisicamente, mas também havia aprendido a se preparar espiritualmente, como fica evidente pelo seu jejum (Et 4:16; 9:31). De acordo com a tradição do antigo Oriente Próximo, com paciência, a rainha convidou Assuero e Hamã para dois banquetes. Então, aproveitando o momento certo, ela apresentou seu caso, não questionando a justiça ou retidão do rei, mas pedindo, humildemente, por misericórdia pra si mesma e para seu povo.
Aparetemente, a orientaçãodivina dirigiu os pensamentos, palavras e ações de Ester. Ela havia conquistado o respeito e atenção de seu marido real. Em resposta, ele a incumbiu de reescrever a lei (Et 9:29) e com toda razão, ela se tornou a heroína de seu povo. O que aconteceu a Ester é uma lembrança a todas as mulheres da soberania de Deus. Para realizar a vontade do Senhor, ela usou sua beleza, sua inteligência e talvez até sua atitude de respeito para com seu marido, bem como sua fé admirável e destemida. Por meio de sua obediência, Ester tornou-se uma verdadeira "estrela" (o significado do seu nome persa) no reino.

Fonte: Bíblia

15 comentários:

Danny.elle disse...

Oi Tarciii...ah...que lindo a história de Ester´s...mulher que é referencia para nós lutou por um propósito com todas suas forças e possibilidades! Ah, Ester´s é o nome do ministério da qual sou líder, grupo de moças solteiras e mulheres divorciadas e viúvas....benção!!!!

Gostei do texto!!!
Ah, tem desafio para vc no HOPE!
Grande Beijo

Cida Kuntze disse...

Oi Tarci!
Que belo texto amada. Como Ester precisamos ser corajosas, não temer seguir a vontade de Deus e fazer o que é certo.
Beijinhos e fica na paz!

Cida Kuntze disse...

Tarci esqueci de te dizer.
O livrinho que enviastes pra Flávia tem um cheirinho bom. Não sei se notasses isso. Ela vive pegando nele e dizendo..."ai que cheirinho bom tem esse livrinho mamãe."...rsrsrs.
Mais beijinhos querida.

Wendel Bernardes disse...

A história de Ester é recheada de amor.
Amor por sua família, por sua gente, por seus Deus e por seu marido.

Mas não deveria ser assim.
Ester, como judia, era humilhada como 'rala inferior'.
Seu tio era a única porção de familia que lhe restara, seu marido queria matar sua gente por indicação de outro homem.
Ela tinha mais motivos para desenvolver ódio, indiferença, desamor que o Amor que doou a todos!

Isso nos mostra que para sermos quem somos (homens ou mulheres) precisamos desse sentimento tão difícil de notarmos hoje!

Linda reflexão Tarci!

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Oi Tarci. Determinação e coragem é o que vejo nesta mulher. Ela se submeteu a seu tio, mesmo sem saber as consequencia, e por amor ao seu povo, correu um grande risco.

Deus sempre cumpre seus planos.

Bjim amiga, pra Thaís
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Gisele Vargas disse...

Oi Tarci,
que linda é a história de Ester, um exemplo a ser seguido por todas nós.
Beijinhos flor e uma ótima semana!

Butterfly Blog disse...

Amiga!!!!!!!!
Amo essa passagem de Ester! Linda demais, encorajadora!
Bjs

Raquel Almeida disse...

Acabei de escrever a história de Ester para as crianças. O que me marcou muito foi o caráter dela, pois ela devia ser uma pessoa muito agradável, pois quando estava no harém se preparando para ser apresentada ao rei, ela era uma pessoa querida. Hegai deu a ela privilégios, dá pra entender que ela continuou humilde, mesmo quando estava no trono.
Para as crianças também fica a lição da obediência, ao pai adotivo e as autoridades.
Exemplo!!!

CORAÇÃO QUE PULSA disse...

Diante de tantos comentários dígnos de honra...só digo que:
FOI MARAVILHOSO LER ESTE POST!!!!
Beijos da tia.

Suely - HD disse...

Olá minha amiga!!!!
Boa noite,

A história de Ester é maravilhosa, eu tenho o DVD e já o assisti muitas vezes.
Que mulher corajosa e consagrada.

beijos
Suely

Bruna - Até que ela é Bonitinha!! disse...

Amiga, mtas saudades!!!

Te amo!!!

Celina disse...

Ester e seu povo tinham um grande problema, sua vida estava em risco. O povo jejuou e ela levou o problema à presença do rei. O Rei dos céus hoje pode resolver também nossos problemas e reescrever nossa vida, tornando-a vitoriosa.
Beijos!

Chris Amag disse...

Olá! Saudade!

Sempre me emociono com essa passagem bíblica. Deus nos permite ocupar um lugar na sociedade com um propósito, temos observar a situação certa para mostrar por meio de nossos atos a nossa fé e o quão grandioso é o nosso Deus.

Bjs
Chris

Ellís Montechiari disse...

Olá!
Parabéns pelo maravilhoso poste.
Ester um exemplo claro de sabedoria regada de fé em Deus.
Beijinhos em seu ♥!

Ellís Montechiari disse...

Olá Tarciana comentei sou poste e esqueci que estava na minha conta pessoal,sou Ellís do blog Falando em Amizade.
Beijinhos!