terça-feira, 5 de outubro de 2010

Saber Viver

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!!!

(Chales Chaplin)

3 comentários:

Cida Kuntze disse...

Que lindo Tarci!
Como vamos amar as pessoas sem antes nos amar e nos conhecer, não é mesmo?
A lição dos adolescentes da semana passada foi "Conhecendo a Si mesmo". Foi muito boa, falava de Davi. Ele se conhecia o Deus que cria e se conhecia. Quando foi enfrentar Golias, sabia do que o Senhor podia realizar através da vida dele. Sabe amiga, que o Senhor faça grandes obras na tua vida e se alguém disser que você não consegue, respondas assim: "Eu sei em quem tenho crido e Ele me usará, Ele fará por mim, Ele tem aberto as portas e eu seguirei em frente".
Se o Senhor te mandar, não se deixe intimidar pelas circunstâncias, pelos Golias da vida, mas creia que com uma pedrinha na mão e com fé em Deus, esse gigante já está derrotado.
Tudo isso pra honra e glória do Senhor!
Um beijo, te amo muito em Cristo.

Raquel Almeida disse...

Bom dia, flor do dia!
Obrigada pela atenção de ontem a noite. A nossa conversa ajudou a passar as horas aqui no hospital, valeu!
Amo você, amiga!
Tenha uma dia abençoado.

Os meus passos diarios disse...

Oi Tarci

Lembrei agora de uma frase que li que diz "Aprendei a me amor como Deus me ama". E se pude veja um video no youtube de Sonete onde a canção diz: Você a coisa mais linda.

Ouça e depois me diga se gostou.

beijos e te seguindo

NAy