sábado, 2 de outubro de 2010

A medida do amor

Em 2 de Outubro de 1954, o primeiro tenente James O. Conway decolava pilotando um avião carregado com munições. Quando o avião estava no ar, o motor apagou repentinamente. Naquele instante, Conway enfrentou uma escolha brutal ejetar-se do avião e salvar a própria vida ou causar a própria morte com a queda do avião.
Entretanto, se ele se ejetasse, o avião cairia sobre um bairro cheio de residência e famílias. De modo impressionante, Conway escolheu bater o avião contra a baía que estava abaixo dando sua vida pelos outros.
Em João 15:13, Jesus disse: "Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos." A disposição de fazer o sacrifício supremo para proteger os outros revela um coração que se importa mais com as necessidades dos outros, do que com as suas próprias. Alguém disse uma vez que "a medida do amor é aquilo que estamos dispostos a abrir mão por ele." Deus o Pai amou tanto que abriu mão do Seu filho. Cristo amou tanto que abriu mão da Sua vida até mesmo carregando sobre si os nossos pecados e morrendo em nosso lugar.
O amor de Deus por você é imenso. Você já aceitou pessoalmente o Seu amor?

"Nada expõe mais claro o amor de Deus, do que a cruz de Cristo."

Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. (João 15:13)
(Leitura: João 15:9-17)

Fonte: Nosso Andar Diário

5 comentários:

Cida Kuntze disse...

Que Deus maravilhoso que nós temos. Que amor imenso. Lendo esse relato da história desse piloto fiquei pensando no quanto ainda existem pessoas que se preocupam com outras, mesmo num mundo tão cheio de pecados. Pessoas com esses corações são uma benção.
Que possamos ter corações generosos e desprendidos. DEUS nos amou tanto, deu Seu Único filho e nós temos que aprender com Ele a sermos pessoas cada vez mais disprovidas de nós mesmos.
Senhor, trabalhe em nossas vidas!!!

Tarci querida, és uma benção. O meu desejo é que o Senhor te use grandemente em Suas mãos.
Um bejooo grandeee pra você minha linda.

Clécia Ferreira disse...

Eu já O aceitei, hehehe... imagina, rs...
Imagino que esse "Nosso Andar Diário" é um daqueles livros que tem uma mensagem pra cada dia da semana, certo? Também tenho um como o nome de "Pão Diário", imagina, tenho ele a 3 anos e a 3 anos que leio ele, rsss... parede que não vence... boas mensagens eles trazem... Então, eu li o blog do Miss Marcelo t-o-d-i-n-h-o, nossa, comovente demais... como pode né... Que Deus te abençoe! Bom FDS!

HD disse...

Olá amiga Tarci!!!

boa noite,

Que história! Que relato!

Conhecemos um Deus que entregou seu único filho para morrer em nosso lugar. QUE AMOR É ESSE!!!!!
Somos privilegiados por este amor incondicional.

Abençoado domingo,

beijos
Suely

Lia Martins disse...

Querida! Que lindo!
e que amor do nosso Salvador!
ai de nós se não fosse amor incondicional e perfeito...
muito linda a reflexão...
fica na paz de Jesus!
beijão!

Celina disse...

Olá, Tarci.
O maior exemplo é mesmo de nosso Mestre.
Renunciou a tudo em nosso favor, enquanto o egoísmo humano busca tudo para si próprio.
Tenha uma ótima semana.
Quando visito seu blog, lembro de Olinda e Recife. Estive só duas vezes aí, e já faz mais de 15 anos, mas não esqueço os lindos cenários naturais. Vou procurar as fotos e escrever sobre isso qualquer dia desses.
Beijo.

Celina