domingo, 17 de outubro de 2010

Nos ombros dos gigantes

Os gigantes tem um lugar especial em nossa tradição - histórias e literal. Do verdadeiro gigante Golias ao gigantes ficcional da história de João e o pé de feijão, somos fascinados por estes personagens maiores que a vida.
Às vezes usamos a palavra gigantes para honrar pessoas de tamanho normal que fizeram algo extraordinário. Um exemplo disso é o físico do século 17 Isaac Newton. Ele era um cristão comprometido e creditou seu sucesso a outros gigantes que o antecederam. "Se enxerguei um pouco mais longe," disse ele: "é porque me coloquei nos ombros dos gigantes." Newton tornou-se verdadeiramente um gigante, em cujos ombros cientistas que o sucederam se posicionaram - até mesmo quando usaram as suas observações na conquista do voo espacial.
Quando Deus ordenou a Josué que liberasse os israelitas até a terra prometida, Josué certamente podia se colocar nos ombros de um gigante. Ele presenciou a liderança de Moisés durante 40 anos, e agora colocaria em prática o que aprendeu.
Josué tinha outra vantagem - a sua caminhada com Deus sustentou a missão da vida dele. Enquanto ele lederava Israel, tinha o exemplo de Moisés e a prometida presença de Deus.
Você procura por ajuda ao enfrentar o futuro? Procure um gigante para seguir. E jamais subestime a importância da sua caminhada com Deus.

"É bom exemplo, alguém que conhece, segue e mostra o caminho."

[...] como fui como Moisés, assim serei contigo [...] (Josué 1:5)
(Leitura: Josué 1: 1-9)

Fonte: Nosso Andar Diário

4 comentários:

Anônimo disse...

Essa é uma reflexão gigante (rs)!

Realmente nós temos exemplos de homens que carregaram a humanidade em seus ombros. Lutaram, venceram, perderam, choraram, sorriram, mas nunca desistiram... por isso foram dignos de louros materiais e alguns espirituais também.

Acredito que desses exemplos o mais destacável seria um rapazinho que fora pastor em Belém, lembra?

Além de ser alguém com coração nobre e espírito altivo, Davi era vencedor de gigantes também!

Imagina,
se nessa vida temos que ser como gigantes, como será a força daqueles que até os gigantes são vencidos por ele?

O Senhor era com Davi e o fazia vencer. Assim como fora com Moisés, Josué e também com o irmão Newton, claro!

Sua reflexão é mesmo incrível Tarciana, parabéns!
Bom domingo,
fica na paz!

-------------------------
Wendel Bernardes
www.wendelbernardes.blogspot.com

Cida Kuntze disse...

Oi amiguinha querida!
Que texto legal. Lembrei na hora de DAVI, pois ele foi um gigante muito maior do que Golias, pois confiava e seguia o maior gigante de todos: DEUS!
Querida, que o Senhor continue te abençoando.
Beijos.

Wendel Bernardes disse...

Oi Tarciana,
obrigado pelo comentário e por seu toque quanto ao banner... vou ajustar ainda essa semana.
Grato mesmo!
Paz!

Celina disse...

Bom ouvir as histórias bíblicas e delas tirar ânimo e lições para nossa vida.

Obrigada, Tarci, amo a história de Davi, que venceu gigantes.

Que assim seja conosco.

Celina