quarta-feira, 26 de abril de 2017

Fé x Testemunho

Fiel é está palavra e digna de toda aceitação. Pois para isto é que trabalhamos e lutamos, porque temos posto a nossa esperança no Deus vivo, que é o Salvador de todos os homens, especialmente dos que crêem. Manda estas coisas e ensina-as. Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza. Até que eu vá, aplica-te à leitura, a exortação, e ao ensino. (1 Timóteo 4:9-13)

Após uma aula no seminário me peguei pensando sobre esse tema: "fé e testemunho". Logo me veio esse versículo acima. A carta de Paulo a Timóteo é um guia divino que nos fornece ensino pratico para a vida cristã. E apesar do livro ter sido escrito em 63 d.C, ele é atualíssimo. A época mudou, mas o homem não. A geração sofre oscilação, mas a Palavra de Deus continua a mesma. As orientações de Paulo a Timóteo são atemporais, ou seja, não é afetada pelo tempo, uma vez que se alicerçam em conceitos eternos. Portanto, é uma referência que deve conduzir a nossa vida em todo tempo e lugar. Isso se desejamos ser/ter igrejas sadias, firme e multiplicadora. 
Desde o princípio o desafio para o ser humano é viver conforme as escrituras. Hoje não é diferente, a carne luta contra a fé, mesmo em meio a essa luta, é indispensável que vivamos o evangelho de fato e de verdade, pois fomos designados para crer e viver como cremos. Para tristeza nossa, muitos cantam, ouvem, pregam a cada domingo, contudo, não colocam em prática durante a semana, não existe mudança. Isso acontece porque o coração humano é decaído, influenciado aos próprios interesses e desejos carnais. Porém, caminhar com Cristo é viver numa renuncia diária, é negar-se a si mesmo, é andar na contramão do mundo. Aliar o que se crê com o modo de vida é uma ação que requer a quebra do EU, é natural do ser humano se colocar em primeiro lugar, passando por cima (muitas vezes) dos nossos irmãos. Porém, quando se trata de cristianismo, devemos sim considerar o outro superior a nós (Fl. 2:3), não devemos procurar nossos próprios interesses (1 Co. 13:5). Isso pode parecer uma tarefa difícil, mas se estamos em Cristo é possível, afinal o Espírito Santo habita em nós.
Que possamos refletir diariamente a cerca da nossa fé e testemunho pessoal. "Será que temos sido um testemunho vivo?", "O que fazemos quando achamos que ninguém nos observa?", "Minha vida tem agradado a Deus e edificado a vida de outros cristãos?" São alguns questionamentos que vale a pena ser feito. Peçamos a Deus uma mente iluminada pela verdade e uma vida cheia do Espírito Santo. Lembrando sempre que fé e testemunho caminham juntos. Se a Palavra de Deus não tem gerado transformação em minha/sua vida existe algo de errado.

"Não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele a quem havemos de prestar contas" (Hb 4:13). 

5 comentários:

Gabriel Andrade De Albuquerque disse...

Excelente texto Tarciana! 👏👏👏

Lucinalva disse...

Olá Tarci
Mensagem muito edificante. Bjs e uma bela tarde.

Sônia Soares disse...

Excelente reflexão Tarciana!! 👏👏👏👏👏

Sônia Soares disse...

Excelente reflexão Tarciana!!!

Celina Pereira disse...

Olá, Tarci.
Edificante seu post, ligando a fé ao testemunho.
Tenha uma ótima semana!