sábado, 20 de novembro de 2010

Ajuda com uma rebatida

Sara Tuchosky, uma jogadora de softbol de uma universidade americana fez a primeira rebatida perfeita da sua vida numa partida contra o time de Washington. Mas ela quase ficou sem receber o crédito por isso. Enquanto ela corria entusiasmada para a primeira base, perdeu a bola! Quando voltou para corrigir o erro, feriu seu joelho. Chorando, ela se arrastou de volta à base. Conforme a regra do jogo, ela tinha que tocar pessoalmente todas as bases para validar o ponto. As colegas da equipe não podiam ajudá-la, de forma alguma.
Então, Marllory Holtman, a primeira batedora do time adversário, gritou: "Estaria tudo bem se nós a carregássemos até as bases?" Depois de verificar os árbitros concordaram. Sendo assim, Marllory e outras colegas da equipe fizeram uma "cadeirinha" com as mãos e levaram Sara carregada para contornar as bases. No momento em que acabaram de carregá-la, muitos estavam chorando, por este ato altruísta de compaixão e Sara recebeu os créditos pela sua rebatida.
A lição para os seguidores de Cristo é clara. Quando um irmão na fé tropeça e cai, precisamos seguir o exemplo destas jogadoras. Alcançá-los, levantá-los e carregá-los pelo caminho. É uma oportunidade maravilhosa para "servir uns aos outros [...] como bons despenseiros da multiforme graça de Deus" (1 Pedro 4:10).

"Ninguém será inútil neste mundo, se aliviar o fardo de outra pessoa." (Charles Dickens)

"Servi uns aos outros, cada um conforme o dom que recebeu, como multiforme graça de Deus. (1 Pedro 4:10)
(Leitura: 1 Pedro 4:7-11)

Fonte: Nosso Andar Diário

7 comentários:

Cida Kuntze disse...

Tarci querida, amém pela mensagem, que texto edificante!

Precisamos estar atentos as necessidades dos nossos irmãos, servindo em todo o tempo e os amando. Não devemos olhar para as dificuldades e falhas, mas sabermos que somos um corpo em Cristo e precisamos nos ajudar.

Beijos.

Clécia Ferreira disse...

Edificante essa palavra, de verdade!
Emocionante e comovente tbm!
Hoje em dia é dificil chorarmos com o nosso próximo, sentir a dor dele e ate se colocar no lugar dele... mas, é bíblico, Deus manda que façamos isso.. então, esforcemo-nos...

Wendel Bernardes disse...

Esse é o segundo relato que leio hoje sobre a carência que se tem no meio cristão de alianças, comunhão e parcerias de fé!

Deus está falando!

Paz Tarci.

Cida Kuntze disse...

Oi minha flor!
Passando pra desejar uma boa noite e uma semana abençoada pra você e sua família.
Beijos.

DIANA KATÀ disse...

Oi Tarci minha flor, passando pra dizer que sou fã do seu Blog, tudo que é postado é muito edificante para nossas almas.
Adoro tudo isso, bjsssss te love

Tarciana Soares disse...

Diii... Obrigada!!! Eu amo suas passadinhas aqui no blog, apareça sempre que tiver vontade.

Cida, Clécia e Wendel, amo os comentários de vocês também, já se tornou essencial.

Amoo vocês meu povo!!!

Beijos

Suely Rezende - HD disse...

Olá amiga!!!!!

Bom dia! SHALOM!!!!

É maravilhoso quando percebemos um amor verdadeiro entre os irmãos e não a competição.
Este amor vem de Deus.

beijos
suely