terça-feira, 6 de junho de 2017

Sal e Luz

"Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte; nem se acende uma candeia para colocá-la debaixo do alqueire, mas no velador, e alumia a todos os que se encontram na casa. Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus." 
(Mateus 5: 13-16)

Nesses versículos acima Jesus convida seus seguidores para meditar acerca daquilo que somos e do que praticamos. Assim como o sal e a luz tem sua natureza, seu propósito, é preciso que cada cristão cumpra sua função - salgar e iluminar. Precisamos viver como nosso coração crê. É bem verdade que esse é o desafio do ser humano desde a fundação do mundo, por isso, as escrituras está sempre nos convidando para caminhar conforme seus ensinamentos. Nossa fala, deve andar em linha reta com a prática. É possível conhecer os princípios bíblicos, ouvir pregações, louvar, mas nada modificar no dia a dia. Isso porque muitas vezes deixamos a nossa natureza humana sobressair. Porém, se desejamos ser de fato sal e luz, é preciso andar na contramão do mundo, agregar o que acredita com a vivência. Um cristão nunca será capaz de ser sal e luz se estiver envolvido com as coisas do mundo, logo, "livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta, tendo os olhos fitos em Jesus, autor e consumador da nossa fé" (Hebreus 12:1-2). A Bíblia é clara! O sal sem o sabor para nada serve e a luz oculta é imprestável. Somos chamados para fazer a diferença onde estivermos, em casa, na escola, na rua, no trabalho, na faculdade, na igreja... Que o Senhor nos ajude a caminhar harmonizando o que cremos com o que vivemos.

3 comentários:

Guilherme Augusto disse...

amém! glória a Deus!!!

Lucinalva disse...

Olá Tarci
Verdade, reflexão abençoada. Abraços.

Marcelo Pedro disse...

Tudo que você é, tudo que você escreve e tudo que você faz destila MISSÕES, será impossível fugir deste chamado!
Excelente meditação, muito obrigado!