terça-feira, 3 de agosto de 2010

Alegre-se

Um dos meus livros infantis favoritos foi Pollyanna, a história de uma garotinha otimista que sempre encontrava algo para se alegrar, mesmo quando as coisas ruins aconteciam.
Lembrei-me recentemente daquela menina do livro, quando minha verdadeira amiga quebrou seu braço enquanto andava de bicicleta. Mariane me contou que estava agradecida por conseguir voltar com a bicicleta até em casa e por não precisar passar por uma cirurgia. Foi em seu braço esquerdo (ela é destra), então ela poderia trabalhar sem problemas. Não é maravilhoso, disse ela, que eu tenha ossos fortes, assim minha recuperação será ótima. E não é melhor ainda saber que nada de pior aconteceu!
Uau! Marine é um exemplo de alguém que aprendeu a se alegrar apesar dos problemas. Ela crê que Deus irá cuidar de sua vida, não importa o que vier a acontecer.
O sofrimento, eventualmente, alcança a todos. E em tempos de dificuldade, a gratidão não é nossa primeira resposta. Mas acredito que Deus nos olha com prazer quando descobrirmos razões para sermos agradecidos (1 Tessalonicenses 5:16-18). Ao sermos realistas enxergando o bem, apesar das circunstâncias ruins, podemos ser gratos a Deus por nos manter próximos, em Sua presença. Ao confiarmos em Sua bondade, encontramos a alegria.

"A gratidão encontra algo de bom em todas as circunstâncias."

"Este é o dia que o Senhor fez; regozijemo-nos e alegremo-nos nele." (Salmos 118:24)
(Leitura: Salmos 30)

Fonte: Nosso Andar Diário

4 comentários:

Bruna - A Bonitinha! disse...

Que lindo Tarci, eu quero esse livro pra ler, tu tens ainda?

Beijos amiga!!! Te amo!!!!

Cida Kuntze disse...

Muito lindo Tarci, gostei demais.
Li todos os livros da Pollyanna...rsrsrs
Pollyanna menina, moça...fazem tantos anos, nossa, mas não dá pra esquecer dela, do jogo do contente...rsrsrs.
Beijos querida.

Cláudio Muniz disse...

Belo texto, abençoado, que o Senhor continue a derramar bençãos em tua vida.

Amém

Celina disse...

Também penso assim. Lembra da canção: "Com os pés na terra e os olhos no céu"? Acrescento:
e com uma canção alegre na vida.
Beijos, Tarci.