sábado, 20 de fevereiro de 2016

Córdoba 2016

Daqui uns dias faz um mês que voltei de Córdoba (Argentina), onde eu tive a alegria de investir minhas férias no que é eterno, com toda certeza foi a melhor coisa que fiz. Não me arrependo de absolutamente nenhum dos meus dias servindo ao Senhor Jesus, pelo contrário, sinto-me privilegiada. É maravilhoso ser cooperadora do Reino Dele. Já sinto bastante saudade daquele lugar, das pessoas, dos trabalhos realizados e de tudo que o Pai me permitiu viver. Tenho certeza que se você obedecer ao chamado de Deus pra sua vida, também não vai se arrepender. Afinal, Deus não manda ninguém ao "campo missionário"; Deus nos leva com Ele. Se lance, e Ele te ensina a voar. Foi isso que eu fiz e quero compartilhar com vocês um pouco do que foi o mês de Janeiro em Córdoba. 
Viajamos dia 01/01, fomos numa equipe de 9 pessoas. Nosso vôo foi para Foz do Iguaçu, lá os pastores Junior, Jaci e sua filhinha Hadassa estava nos esperando. Fomos recebidos com bastante carinho, levaram lanche e água para a gente no aeroporto. Gostei deles desde o primeiro momento que os vi. Passamos um dia em Foz, pois não encontramos passagens para o dia 02. No dia seguinte (03/01), atravessamos a fronteira Brasil-Argentina, pegamos um ônibus rumo a Córdoba, uma viagem que era pra durar 22 horas, durou umas 25 horas. Durante nossa viagem, na madrugada, o ônibus que estávamos quebrou, ficou parado durante um tempo na estrada, mas nada de mal nos aconteceu, pude sentir o cuidado de Deus conosco. Quando chegamos em Córdoba Capital, almoçamos e seguimos para a província de Embalse, a primeira cidade que iríamos. Passamos uma semana em Embalse, hospedados na Igreja do Nazareno e trabalhando junto com uns irmãos bem queridos. Foram dias abençoados, como eu amei e amo aqueles irmãos e pastores (Alberto e Mabel), estão em meu coração. Fizemos trabalho de evangelismo nas ruas manhã e noite, a tarde os Argentinos tem a hora da siesta (descanso), nos aproveitávamos para preparar os trabalhos, programações de culto e nossos relatórios. Uma das coisas eu gostei nos três lugares que fomos, é que todas as atividades eram feitas com os irmãos da igreja, eles nos davam um grande apoio, isso era tão importante, pois logo mais iríamos embora e eles permaneceriam lá, a obra tinha que continuar. Sem contar que era muito bom cada momento com os irmãos, a comunhão, aprimoramento da língua, crescimento... Enfim, era edificante! Pude sentir os mimos de Deus através dos irmãos de Embalse. Durante os evangelismos Deus nos proporcionou experiências marcantes, nunca vou esquecer das nossas caminhadas pelas ruas de Embalse pregando o evangelho, abordando pessoas e indo nas casas. É certo que houve algumas rejeições, o triste é que eles não jeitaram a mim, mas a Jesus, a verdade que liberta e o único meio pelo qual podemos nos chegar até Deus, não existe outro caminho, só há um mediador entre Deus e os homens, o qual é Jesus Cristo (1 Timóteo 2:5). Contudo, o Senhor é tão bondoso, nos permitiu ver frutos do trabalho em Embalse, vidas se renderam a Ele, no culto das mulheres, no culto dos homens, nos evangelismos. Sei que a semente foi plantada e no tempo certo vai haver a colheita para a Glória de Deus.
Após uma semana em Embalse, fomos para Rio Cuarto. Viajamos mais algumas horas até chegar lá. O tempo em Rio Cuarto foi menor, porém, muito marcante. Ficamos lá de segunda a quinta. Também fizemos evangelismo de rua e culto na Igreja. Outra coisa que gostei nesse projeto missionário foi fazer algumas coisas que normalmente não faço aqui, tipo a pantomima. Apresentamos duas peças e eu pude participar de uma, "coração vazio", fiz o papel da religiosa. Rio Cuarto também é uma cidade de Córdoba, um lugar mais carente (pelo menos onde estávamos). Lá também houve vidas salvas para Jesus. Uma que me marcou foi da pequena Alexandra, tive a oportunidade de falar de Jesus pra ela no evangelismo de rua e a convidei para estar conosco na igreja, a noite lá estava ela. Alegrou tanto meu coração e no final do culto quando o pastor fez o convite, ela foi lá pra frente. Que linda! Oramos por ela. Naquela mesma noite, Deus também salvou a mãe de Alexandra. Minha oração é que Deus as preserve na presença Dele.
Saindo de Rio Cuarto fomos para a Capital. Fomos recebidos com bastante carinho pelos pastores e missionários que vivem na capital de Córdoba. Na capital passamos 14 dias, foram dias marcantes na minha vida. O trabalho foi um pouco diferente do de Embalse e Rio Cuarto. Na capital fizemos bastante atividades nas praças, caminhada de oração, casa de oração (eu amei), tivemos cultos no templo. Na praça fizemos atividades para as crianças, passamos filme, fizemos pantomima, pregamos... Isso tudo junto com os pastores e missionários que vivem lá. Foi bênção! Na Capital também houve vidas marcadas pelo amor de Deus. Também pude aprender mais do espanhol durante esse mês, a língua não foi empecilho para que o evangelho fosse comunicado. As três igrejas que nos recebeu foi da Nazareno, nos receberam super bem por sinal. Amei e aprendi com cada pessoa que passou em minha vida. A família de Cristo é grande e linda, ainda precisamos conquistar mais pessoas para esse time. É para isso que nascemos e existimos, tornar Cristo conhecido entre todos os povos, línguas e nações. Esse projeto missionário foi um grande presente de Deus. Só posso agradecer a Deus! Obrigada Pai!

Abaixo segue algumas fotos...      

                 
                              Nossa Equipe:
                           Mãe Luzia, Rosângela, Fernanda, Paula Viana, Ana Bispo, Eu, Rubens, Luciano e irmão Idenir,
Evangelismo pelas ruas de Embalse
Sophia, Maria Pia e Damaris... Lindas! Sempre carinhosas!
Pastores de Embalse, Alberto e Mabel.
Culto das Mulheres.
Nossa devocional todas as manhãs.
Evangelismo nas ruas de Rio Cuarto.
Nesse dia esse casal entregou a vida a Cristo.
A pequena Alexandra, também entregou sua vida a Cristo.
Nos despedindo dos Pastores de Rio Cuarto na rodoviária.
Recepção linda na Capital...
Três nacionalidades e um único propósito.
Caminhada de Oração na Capital de Córdoba.
Trabalho com as crianças na praça.
Na foto eu, Ana, sua mãe e suas filhas.
Flash Mob.
Crianças assistindo as apresentações na praça.
Ana, fruto do nosso trabalho na praça.
Um presente de Deus na minha vida.

Rachel, uma amiga que Deus me deu nesse tempo em Córdoba.
Ela me ensinava Espanhol e eu a ensinava Português. Saudades!

Somos normais... Amigas que Deus me deu!
Brooke, Eu, Ashley, Fernandinha e Rachel. Amo vocês!

Pastora Jaci, é lindo ver Jesus em sua vida. Amo você!
Sinto falta de nossas conversas. Saudades!
Ana, Deus foi tão bondoso ao te colocar na minha vida.
Foi um super presente de Deus nessa viagem.
Sei que a postagem ficou enorme, e olhe que não escrevi tudo... Foram muitos os acontecimentos durante esse projeto missionário. Aqui está um pouco do que eu vivi em Córdoba. Espero que abençoe vocês e sintam o desejo de também viver para o propósito que foste criado. Que Deus te abençoe! 

3 comentários:

Cida Kuntze disse...

Querida Tarci, me alegrei em ler cada palavra aqui escrita, pois sei bem que essa viagem foi uma grande benção pra quem recebeu a Palavra, mas de igual forma pra quem foi.
Sem dúvidas tem muito ainda a nos contar, testemunhos e detalhes que mostraram o grande cuidado de Deus e Sua direção pra todas as coisas.
Que o Senhor continue te usando grandemente florzinha de Jesus!
Beijos e saudades sempre!!!

Andréa Albuquerque disse...

Tarciana querida, vc escolheu a melhor parte.Seu relato é muito contagiante,e nos incentiva a tbm ter uma experiência tão grandiosa e abençoada dessa. Deus continue te dando eese amor por Ele e por sua obra.Você é uma bênção em nossas vidas e um exemplo, de filha,sobrinha, neta, amiga e serva de Deus. Te amamos.Bjs!

Pr. Edilson Ramos disse...

Muito bom o texto Tarci. Deus continue te abençoando nesta tarefa de anunciar o Evangelho ao mundo!