quinta-feira, 13 de julho de 2017

Lições Práticas de 2 Coríntios 12:9-10

"Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo. Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque quando sou fraco, então, é que sou forte" (2 Coríntios 12:9-10).

Nessa passagem de 2 Coríntios, a experiência de Paulo me trás diversas lições valiosas que quero compartilhar com vocês hoje. Mas, para que possamos compreender um pouco o contexto, antes de chegar nos versículos 9 e 10 citados acima, no versículo 7 Paulo fala sobre um espinho na carne que ele tem "foi-me posto um espinho na carne". Não sabemos o âmago desse espinho, pois não é prescrito intencionalmente para que pudêssemos nos identificar com os sofrimentos do apóstolo."A natureza exata nos foi ocultada para que todos os aflitos possam ser encorajados e auxiliados por essa experiência indefinida, porém dolorosa, de Paulo". Nossas dificuldades podem ser diferentes das de Paulo, mas precisam gerar o mesmo exercício de fé. Mas em todo caso, o espinho era algo que o incomodava. No versículo 8, Paulo clama três vezes para que Deus afastasse dele o espinho na carne. Porém, ao invés de tirar o espinho, Deus afirmou a Paulo que sua graça seria suficiente para ele suportar aquela situação. A oração do apóstolo foi respondida, contudo, não do jeito que ele almejava. Em outras palavras Deus disse: "Não removerei o espinho, mas farei algo melhor: darei a graça para você suportá-lo. Lembre-se Paulo apesar de não ter atendido seu pedido, estou concedendo aquilo de que você mais precisa. Seu desejo é pregar com meu poder e força não é? Então, convém que você permaneça em uma posição de fraqueza". O espinho na carne de Paulo destruiu seu orgulho, mantendo-o dependente do Poder de Deus. Com isso, Paulo passou a considerar o espinho uma ajuda, ele se satisfaz com a resposta do Senhor. A presença de Jesus e a garantia da graça era incomparavelmente melhor.          

Algumas lições práticas para nossas vidas com a vivência do apóstolo Paulo:

1) A confiança de Paulo em Deus;
Mesmo Paulo passando por situações difíceis em sua jornada cristã, ele mantinha firme sua confiança em Deus. Ele sabia em quem confiava, e que era plenamente capaz de completar a Sua Boa Obra na vida do apóstolo, mesmo com aquele espinho na carne.

2) O contentamento de Paulo em Deus;
Paulo ora três vezes, mesmo assim, Deus responde suas orações de forma diferente. Contudo, o apóstolo se contenta com a resposta do Senhor. O contentamento dele estava em Deus.

3) A sabedoria de Paulo;
Quando Deus responde as orações de Paulo, ele usa de uma sabedoria incrível, pois não reclama, pelo contrário ele se gloria em suas fraquezas. Ele sente prazer nos sofrimentos, pois sabia que tais momentos poderia aproximá-lo cada vez mais de Deus.

4) O amor a Cristo.
Aos nossos olhos é praticamente impossível sentir prazer numa experiência como essa de Paulo. Porém, o segredo pra compreender isso é "por amor de Cristo". Quando caminhamos com o Senhor e desejamos perseverar nessa caminhada, certamente precisaremos suportar coisas que por nós mesmo não conseguiríamos, mas, por amor a Cristo é possível.

Todos nós estamos sujeitos a passar por aflições nesse mundo, porém, como Deus falou pra Paulo: "A minha graça te basta", Ele continua falando conosco. Que tais experiências nos leve a um nível mais profundo de relacionamento e intimidade com Deus, que Ele nos encha de sabedoria para aplicarmos essas lições no nosso dia a dia. Fiquem na paz!

4 comentários:

Cida Kuntze disse...

Olá querida Tarci!
Maravilhoso estudo podemos tirar desse texto.
Você colocou muito bem as palavras.
Deus nos molda através das dificuldades e aflições, os "espinhos na carne", levam aos que amam a Cristo a um degrau maior na fé.
Não é pra nossa tristeza, mas pra nossa dependência em Cristo.
Que possamos aprender, assim como Paulo.
Beijos.

Celina Pereira disse...

Boa tarde, Tarci,
apreciei muito sua reflexão.
Às vezes a resposta de Deus não é "sim", de
imediato e então, como Paulo, devemos aceitá-la
e viver segundo o poder que vem do alto.
Um abraço!

Gisele Vargas disse...

Verdade Tarci, muitos de nós também temos que conviver com um "espinho na carne" mas por amor a Cristo, com confiança nele e sustentados por sua Graça podemos seguir em frente. Muito edificante teu texto. Bjos no coração

Lucinalva disse...

Olá Tarcinha
Linda reflexão, precisamos ser gratos nas situações adversas. Um forte abraço.